Armazenamento, transporte, distribuição, recursos humanos, organização.

Muitos se questionam, “mas afinal o que é ser operador de logística”? II

Operador logístico é na verdade nada mais nada menos uma empresa prestadora de serviços logísticos Operadores logísticos “Third-Party logistics” (3PL) envolvem o uso de companhias externas para realizar funções logísticas que anteriormente eram realizadas dentro da empresa.

É especializada em gerências e executar todas ou parte das atividades logísticas, nas várias fases da cadeia de abastecimento de seus clientes, agregando valor aos produtos dos mesmos.
Para  o operador logístico, de acordo com a definição mais especifica, é o prestador de serviços logísticos que tem competência reconhecida em atividades logísticas, desempenhando funções que podem englobar todo o processo logístico de uma empresa cliente ou somente parte dela. Por sua vez apresenta a seguinte definição:

O operador logístico é o fornecedor de serviços logísticos especializado em gerenciar todas as atividades logísticas ou parte delas nas varias fase da cadeia de abastecimento de seus clientes, agregando valor ao produto dos mesmos, e que tenha competência para, no mínimo, prestar simultaneamente serviços nas três atividades consideradas básicas: controle de stock, armazenagem e gestão de transporte. O operador também é responsável por parte do fluxo logístico devendo proporcionar a continuidade deste, mesmo e as atividades forem realizadas pela própria empresa, cliente ou terceiro.

Uma outra definição seria que um operador logístico é um fornecedor de serviços logísticos integrados (transporte, armazenagem, stock, informação) que busca atender com total eficácia as necessidades logísticas de seus clientes de forma individualizada, no caso as empresas nessa área. Devemos ter bastante cautela ao dizer que uma empresa de PSL (Prestador de serviços de logística) é um Operador Logístico. Por exemplo, ao citarmos uma transportadora, imediatamente fazemos uma ligação à logística e dizemos que é uma prestadora de serviços logísticos, porém não pode ser considerada um operador logístico. 
Em função da importância que vem sendo assumida pela logística empresarial como instrumento de competitividade, da crescente tendência à terceirização das atividades logísticas e do uso generalizado e indiscriminado que vem sendo feito da figura do operador logístico, no mercado de serviços logísticos.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: