Tecnologia da Informação

O conceito Tecnologia da Informação engloba as várias tecnologias que coletam, processam, armazenam e transmitem informações. “Assim envolve além de computadores, equipamentos de reconhecimento de dados, tecnologias de comunicação, automação de fabricas e outras modalidades de hardware e de serviços” (Porter, 1999).

Metodologia

O objetivo geral deste trabalho é poder trazer as principais informações que devem ou pelo menos deveriam ser tomadas em relação a gestão de armazéns, desde a decisão por optar em implantar um armazém próprio para empresa, ou então por contratar o serviço de armazenagem, escolha do local no qual ele será implantado, materiais que deverão ser utilizados, layout entre outros, todos esses visando uma melhor gestão. 

Algumas exemplificações são trazidas para que se possa entender melhor sobre o assunto tratado aqui, sendo que esses exemplos serão somente baseados em casos trazidos da realidade e adaptados para serem colocados de forma literária.
Este trabalho visa uma análise teórica, porém com pequenas exemplificações, de como uma excelência em gestão de armazéns pode ajudar a empresa a tomar um rumo mais qualificado em suas decisões frente ao mercado consumidor. 
Alguns dos exemplos trazidos foram obtidos através de pesquisas bibliográficas, exemplos tais principalmente trazidos por empresas americanas e japonesas e dos apontamentos das formações de Armazenagem e de Operador de Logística. 
Porém a exemplificação e exposição do tema principal foi completamente retirada de exemplos da indústria nacional que possuem um nível de excelência que pode ser tomado como exemplo para o resto do mundo devido a excelência em sua gestão, como é o caso dos armazéns frigoríficos e aeroportuários.

Paletes de cartão

Ainda falando de paletes, falemos da palete em cartão apresenta vantagens a nível ambiental, para além de benefícios económicos e de eficiência. Os benefícios ambientais estão relacionados com o fato de serem mais baixas e leves, pelo que proporcionam mais mercadoria transportada por camião, reduzindo o número de camiões necessários. As paletes em cartão requerem um transporte mínimo para a reciclagem, em comparação com as paletes em madeira, que têm de ser separadas, armazenadas e transportadas para o aterro ou centro de restauração.
No que respeita às vantagens económicas, a grande poupança acontece na carga aérea. A diferença de peso da palete em cartão kraft para a de madeira e a diferença de preço para a palete de plástico é tão grande que permite uma diminuição do custo de transporte muito elevada, podendo esse ganho ser repartido por todos os intervenientes na cadeia de distribuição.
Por serem construídas em cartão apresentam vantagens de segurança no ponto de venda e como são mais flexíveis do que a madeira, reduzem a trepidação da carga durante o transporte, o que pode ser uma vantagem no caso de mercadorias mais sensíveis, como por exemplo os equipamentos eletrónicos de grande consumo.
Como por exemplo as paletes e skids são recicladas pelo recetor final, com as outras caixas de papelão ondulado usadas, gerando uma receita de reciclagem e eliminando a preparação, armazenamento e os custos de carregamento necessários com a recuperação de paletes de madeira. Afirmam-se, portanto, como uma solução de transporte “one way”, com vantagens de segurança para o transporte de alimentos e produtos farmacêuticos, por não existir o perigo de contaminação em transportes posteriores.

 

Paletes de aluguer

Paletes de aluguer são e continuarão a ser a modalidade mais utilizada no mercado nacional, não só pelos seus níveis de penetração atuais, como pelo valor acrescentado que geram em toda a cadeia de abastecimento. Existe a palete europeia de madeira é de longe a mais utilizada no mercado nacional, mas os formatos mais pequenos estão a crescer, assim como os materiais como o plástico ou o cartão kraft, que apresentam vantagens a vários níveis.
As grandes vantagens do pool de paletes são o preço, garantia de fornecimentos, estandardização dos ativos, redução de custos, qualidade, simplicidade, apresentação de relatórios de gestão, redução das emissões de CO2 e respetivo impacto ambiental.
As vantagens dos sistemas pool. Trata-se da possibilidade de obter paletes europeias e outros suportes de carga intercambiáveis padronizados em toda a Europa.
Dentro do sistema de aluguer de paletes, a palete europeia (800X1200) é a mais utilizada no mercado nacional, mas existe uma tendência para o crescimento dos pequenos formatos (800X600) e (400X600), especialmente vocacionados para produtos promocionais/campanhas e/ou lojas de pequena dimensão. Estas paletes apresentam ganhos diretos no que diz respeito a níveis de rotação de produtos, aumento da diversidade de produtos no mesmo espaço físico, redução de quebras e diminuição do investimento em ativos.
Uma das empresas que em Portugal se dedica ao aluguer de paletes, tem crescido acima de 10% nos últimos anos. “Este crescimento evidencia o forte crescimento deste setor, onde diariamente se assiste a uma inversão da palete de compra (one way / branca), para a palete de aluguer, não só em virtude da tendência seguida pela Distribuição Moderna, como pela perceção clara e direta das mais valias proporcionadas pelo sistema de aluguer de paletes.
Assim podemos dizer que a tendência do pool de paletes é agregar novos materiais, como metal e plástico.