Armazenamento, transporte, distribuição, recursos humanos, organização.

Glossário de Termos Utilizados na Logística Letra M

Letra M

Este dicionário de termos técnicos logísticos é o resultado de uma ampla pesquisa que utilizou como fontes publicações técnicas em logística e pesquisas diversas em sites voltados para a logística e sites de provedores de serviços logísticos.


M
MAM – Movimentação e armazenamento de materiais.
MANIFESTO DE CARGA – Lista contendo todos os itens de carga expedidos em determinado vôo, embarcação ou veículo. Um manifesto geralmente engloba toda a carga e independe do fato desta ser entregue em um único ou vários destinos. Os manifestos geralmente listam a quantidade de peças, peso, nome e endereço do destinatário.
MANUAL DA QUALIDADE – Documento que declara a política da qualidade e descreve o sistema da qualidade de uma organização.
MANUFATURA REPETITIVA – Produção de unidades discretas em grande volume utilizando rotinas padronizadas. MANUFATURABILIDADE – Avaliação do desenvolvimento do produto ou do processo nas suas capacidades de ser produzido facilmente, de maneira consistente e com alta qualidade facilmente obtida.
MANUFATURADO – Objeto ou artigo industrial, produto de um processo industrial ainda não reconhecido pelo usuário, como útil no atendimento de suas necessidades.
MANUSEIO – Deslocamento de mercadorias executado pelo ser humano. Todo e qualquer movimento do material com as mãos. Ocorre em curtas distâncias, em geral menores que um metro.
MANUTENÇÃO – Atividades que são dirigidas a manter os atuais padrões tecnológicos, administrativos e operacionais da empresa.
MANUTENÇÃO CORRETIVA – Ação corretiva que ocorre quando o equipamento falha e deve ser reparado na emergência e com prioridade.
MANUTENÇÃO CORRETIVA – Aperfeiçoar os equipamentos através da eliminação de avarias e o seu aperfeiçoamento baseado nestas experiências, elevando a vida útil, a confiabilidade, a operacionalidade, a facilidade de manutenção e a segurança na operação.
MANUTENÇÃO PREDITIVA – Manutenção baseada nas técnicas de diagnóstico do estado do equipamento, que determinam as tarefas a serem executadas.
MANUTENÇÃO PREDITIVA – Modalidade de manutenção preventiva baseada em testes não destrutivos e análises estatísticas, utilizado para prever quando uma determinada manutenção deverá ser escalada.
MANUTENÇÃO PREVENTIVA – Atividades de manutenção para evitar as avarias e reduzir o tempo parado e os custos dos reparos.
MANUTENÇÃO PREVENTIVA – Atividades de observações, ajustamentos, trocas, correções e limpeza básica, que possam evitar e antecipar à quebra de equipamentos.
MARCA DO CALADO – Uma marca, soldada em ambos os lados da embarcação, que dá o limite até o qual pode ser carregado, dependendo do peso específico da água em que a embarcação se situa.
MARKET PLACE – Sites em que compradores e fornecedores se comunicam, trocam informações, fazem transações, efetivam concorrências e leilões, coordenam informações estratégicas e administram pedidos.
MATERIAL COM RISCO – Material que pode se tornar perigoso em decorrência de manuseio, transporte ou armazenagem inadequados.
MATERIAL EM CONSIGNAÇÃO – Stock de produtos com um cliente externo que ainda é propriedade do fornecedor. O pagamento por estes produtos só é feito quando eles são utilizados pelo cliente.
MATERIAL EXCEDENTE – Material inaplicável na empresa em qualquer época, independentemente do estado de conservação, funcionalidade ou obsolescência.
MATERIAL INSERVÍVEL – Item que perdeu as condições de utilização para o fim a que se destinava.
MATERIAL IRRECUPERÁVEL – Item que não pode ser utilizado devido a perda de suas características e com recuperação inviável.
MATERIAL OBSOLETO – quando não deve mais ser utilizado na empresa, por ser tecnicamente e economicamente superado, com base na opinião dos técnicos.
MATERIAL OCIOSO – Item não aproveitado e em boas condições de utilização.
MATERIAL RECUPERÁVEL – Quando a recuperação for possível e custar no máximo 30% do valor do novo.
MCS – Manufacturing Control System.
MELHORIA CONTÍNUA – Método para garantir a melhoria contínua do produto e do processo e das tarefas administrativas, dentro da sistemática do ciclo PDCA.
MELHORIA CONTÍNUA – Técnicas que garantem a melhoria contínua sistemática do processo/produto e das operações administrativas através da utilização de metodologias para este fim. PDCA aplicado aos processos nos quais se deseja melhoria.
MERGE IN TRANSIT – Coordenação dos fluxos de componentes, gerenciando o respetivo lead time de produção e transporte, para que estes sejam consolidados em instalações próximas aos mercados consumidores, no momento de sua necessidade, sem implicar em stocks intermediários, exigindo, portanto, uma coordenação muito rigorosa. Consolidação em trânsito.
MES – Manufacturing Execution System.
METAS (I) – O propósito final, aquilo que a organização se propõe, em sua etapa mais avançada.
METAS (II) – Práticas e datas que quantificam a realização de um objetivo.
METAS (III) – São objetivos vinculados a prazos específicos, dentro do período coberto pelo planejamento.
MÉTODO (I) – Caminho para se chegar a um fim. Programa que regula uma série de operações que se devem realizar para se chegar a um resultado determinado
MÉTODO (II) – Maneira de executar um movimento, o menor elemento individualizável de um sistema.
MÉTODO SEGURO – POKA YOKE – Método de conformação e montagem para não se poder completar uma operação se estiver incorreta.
METODOLOGIA – Estudo e desenvolvimento de um método. Se o método já foi desenvolvido a expressão não se aplica. A expressão “Aplicar uma metodologia” deverá se substituído por “Aplicar um método”.
MEZANINO – Uma plataforma apoiada por colunas usada para stock ou operação, construída em um plano superior, o qual permite o movimento de pessoas e equipamentos embaixo.
MILK RUN – Sistema de coleta sistemática de produtos nos fornecedores.
MINI LOAD – Conceito de stock e separação em que o acesso aos materiais é feito automaticamente, conduzindo os contentores de stock para um operador. O mini load ou transelevador pode ser totalmente automatizado utilizando-se um computador dedicado.
MINIDESVALORIZAÇÃO – CRAWLING PEG – Sistema de câmbio no qual a taxa de câmbio é ajustada a cada poucas semanas, refletindo as taxas inflacionarias internas.
MIS – Management Information System.
MISSÃO – Expressão da natureza do negócio da empresa, seu âmbito de atuação, e definição do objetivo principal da sociedade.
MISSÃO DO NEGÓCIO – Define o propósito do planejamento e os limites da operação em termos de mercados, linhas de produtos, áreas geográficas e canis de distribuição.
MIX DE PRODUTOS – Proporção de produtos individuais, que permite realizar a totalidade da produção ou o volume de vendas.
MLI – Momento de Movimentação da Logística Industrial, medido em toneladas metro, da velocidade média dos deslocamentos e comparar com a quantidade e peso dos itens produzidos pela empresa.
MMS – Materials Management System.
MODAIS – São os tipos/meios de transporte existentes. São eles ferroviário (feito por ferrovias), rodoviário (feito por rodovias), hidroviário (feito pela água), Tubular (feito pelos tubos) e aeroviário (feito de forma aérea).
MOVIMENTAÇÃO – Deslocamento de mercadorias utilizando-se UNIMOVS, e sempre realizada com equipamentos.
MOVIMENTAÇÃO ATIVA – Movimentação de todas as mercadorias em direção ao mercado, agregando-se aos artigos industrializados, valor de posição, de quantidade e de tempo.
MOVIMENTAÇÃO PASSIVA – Movimentação de todos os equipamentos, juntamente com as mercadorias que agregam custo às mercadorias, e que não agregam valor ao produto industrial.
MPS – Master production schedule ou Planejamento-Mestre da Produção.
MPT – MANUTENÇÃO PRODUTIVA TOTAL – Atividade para garantir a efetividade do equipamento durante a sua vida útil.
MRO – Maintenance, repair and operating supplies.
MPS – Master Production Schedule.
MRP – Manufacturing Resource Planning.
MRP – Material Requirements Planning
MRP – MATERIAL REQUERIMENT PLANNING (I) – Sistema de processamento de dados para o controle das existências, cadastro de produtos, programação da produção dos produtos carga de máquinas, e controle das necessidades líquidas de matérias-primas.
MRP – MATERIAL REQUIREMENT PLANNING (II) – Planejamento das necessidades de material a partir do plano mestre de produção, pela desagregação das fichas de engenharia, multiplicação pelas quantidades a serem produzidas, apurações das necessidades líquidas a comprar, considerando os stocks existentes.
MRP –  “MATERIAL REQUIREMENT PLANNING” (III) – A partir do Plano Mestre de Produção, o MRP explode cada produto em componentes/matérias-primas e planeja o momento de diversas etapas produtivas e/ou compra de matérias-primas para que haja “o material certo na hora certa”.
MRP II – “MANUFACTURING RESOURCE PLANNING” – Planejamento que determina os recursos de pessoal e equipamentos necessários para atingir os objetivos previstos no MRP.
MTO – Make To Order, fabricação conforme pedido.
MTS – Make To Stock, fabricação contra previsão de demanda.
MULTIFUNCIONAIS – (Grupos Multifuncionais) União de pessoas com funções diferentes (Cross-functional) no sentido de integrar áreas e gerar melhorias sistemáticas.
MULTIFUNCIONALIDADE (I) – Capacidade de poder atuar de modo competente em diferentes funções de uma mesma organização.
MULTIFUNCIONALIDADE (II) – Capacidade de um profissional, poder atuar de modo competente, em diferentes atividades da empresa.
MULTIMODAL – Integração de mais de uma modalidade de transporte.
MULTIPACK (I) – Embalagem de transporte contendo embalagens de comercialização mistas para entrega de pedido a um cliente.
MULTIPACK (II) – Junção de várias embalagens de apresentação para formar um conjunto, com o intuito de se realizar uma venda casada de vários produtos iguais.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: