Custo de compra

Como as quantidades a encomendar e os métodos utilizados respeitam à procura independente.

Custo total de aprovisionamento e lote económico

Custo Total de Aprovisionamento o lote económico – Le (ou quantidade económica de encomenda) -, de cálculo simples, oferece a dimensão do lote que minimiza o Custo Total de Aprovisionamento (CTA).

O CTA inclui todos os encargos de comprar, encomendar e possuir os stocks, ou seja, os custos de compra (ou de aquisição), de efetivação da encomenda (ou de realização da encomenda) e de posse dos stocks (ou de armazenagem).

Que custos que constituem o CTA?

Custo de compra

Este custo é igual ao número de unidades compradas por ano (N) vezes o preço médio unitário do artigo em causa (p), o qual resultará de uma média simples de todos os preços praticados durante o ano, se as encomendas foram de quantidades iguais, ou de uma média ponderada se estas quantidades variarem de encomenda para encomenda.

Portanto o custo de aquisição será Cl = N * p.

Por exemplo, se forem comprados 1000 kg de uma dada matéria- -prima durante o ano (N) e se o preço médio por quilo for, nesse período de tempo, 80 euros, então Cl = N * P = 1000 * 60 = 60 000 euro.

Custo de compra.jpg

Para a minimização deste custo deve o gestor de stocks procurar satisfazer três condições de redução de p (já que as exigências da produção determinam N):

– Reduzir, tanto quanto possível, as compras de urgência porque estas contribuem para a elevação dos preços, já que a prioridade principal passa então a ser a rapidez da entrega da encomenda e não o preço;

– Tentar evitar prazos de pagamento longos porque conduzem a preços de encomenda mais elevados, sobretudo em períodos de taxa de inflação alta. E ainda porque quanto mais longos forem tais prazos menos cumpridos são (é mais fácil cumprir um prazo de pagamento de 15 dias, que poderia ser excedido de 2 ou 3 dias, do que um de 18 meses que normalmente é excedido de 1, 2 ou mais meses) e como consequênda também se poderá exigir o cumprimento dos prazos de entrega por parte do fornecedor;

– Organizar as compras de modo a centralizá-las, o que será mais conveniente quando as unidades da empresa se distribuem num espaço geográfico. A centralização das compras conduz a preços unitários mais baixos, porque aumenta o poder negocial da empresa que faz as aquisições, à medida que aumentam as quantidades adquiridas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.